Resenha do filme A Bela e a Fera

Oii pessoal, tudo bom?

Hoje trago pra vocês a minha opinião sobre um filme que está em exibição nos cinemas e anda fazendo o maior sucesso, entre o público de várias idades, SIM, estou falando de “A Bela e a Fera”.

Emma Watson, interpreta Bela, moradora de uma aldeia pequena, que vive com seu pai e é vista pela sociedade como um indivíduo estranho, por ser a única pessoa da vila a gostar de ler. A jovem tem o pai capturado pela Fera (Dan Stevens) e decide trocar a sua vida, pela liberdade dele. Trancada no castelo, Bela se depara com objetos falantes e descobre que junto com a Fera, antes um príncipe e seus serviçais, foram amaldiçoados por uma feiticeira e que para voltarem a sua forma humana, Fera precisa aprender a amar e ser amado.

Untitled

PONTOS POSITIVOS:

– O filme segue fielmente ao desenho. Para os fãs do clássico de 1991, as cenas da nova versão são nostálgicas.

– Os figurinos, cenários e personagens parecem ter saído de um conto de fadas, no qual, é a intenção. O capricho de cada detalhe impressiona a cada segundo.

– A semelhança dos atores com os personagens do desenho são impressionantes.

– No decorrer do filme, descobrimos o porquê Bela, vive só com o pai e o que de fato aconteceu com sua mãe.

– O conto de fadas traz um pouco da realidade, pelo jeito que o romance é contado e pela naturalidade que os protagonistas se apaixonam, pelo simples fato da convivência.

– O filme aborda também a literatura, inclusive Shakespeare, é citado em cenas.

– O musical do filme é excelente, trazendo as mesmas melodias do desenho.

– As coreografias são impecáveis.

– A cena em que a Fera convida a Bela para jantar, começa um carisma enorme pelo personagem, onde mostra um lado desajeitado e como no fundo tem um coração.

– Quando a Fera começa a se apaixonar pela Bela, a expressão nos olhos mostra o sentimento a flor da pele e é difícil não se emocionar.

– Emma segue a doçura de bela, acrescentando um toque de personalidade e independência.

– Gaston, interpretado por Luke Evans, está simplesmente sensacional, com um jeito cômico te deixando apaixonada e ao mesmo tempo com raiva do personagem. Seu fiel escudeiro Le Fue, de Josh Gad, também tem uma interpretação de destaque, parecendo ter um afeto especial pelo seu idolatrado Gaston.

– Os objetos falantes são indispensáveis, assim como no desenho, eles ornamentam o filme com um toque de infantilidade, deixando algumas cenas muito engraçadas.

Não encontrei pontos negativos no filme, para quem é fã dos clássicos da Disney, com certeza vale muito a pena assistir, é um filme que eu olharia mais de uma vez e pretendo ver novamente para observar mais atentamente aos detalhes.
Eu realmente indico esse filme tão esperado de 2017.

lk

Espero que quem já viu o filme tenham gostado da minha opinião e que tenha ajudado quem ainda não assistiu a decidir se vai ao cinema ou não hahaha.

Um beijo!

 

1 thought on “Resenha do filme A Bela e a Fera

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *